Pular para o conteúdo principal

Nasceu LUIZA, minha neta!

Uma forte emoção abalou meu coração neste feriadão de páscoa. Nasce Luiza, minha neta, uma nova luz na minha vida. Como é bom renovar a vida com mais vida!
Um parto domiciliar que teve seus agravos antes do final feliz. Meu filho e nora ensaiaram o plano A e B várias vezes. Perguntaram, se informaram e acreditaram nas propostas.

Plano A – Hospital em Brasília com quarto para parto humanizado e que aceita o plano de saúde
Plano B – Casa de Parto de São Sebastião

Os dois falharam em suas propostas. O primeiro com a parte física perfeita mas sem profissional capacitado. O segundo com estrutura física fragilizada, com profissionais capacitados mas impedido de funcionar por conta da burocracia.

Quase não acreditei que vivi essa experiência.
A terceira opção do casal era o parto domiciliar e foi a única opção real de humanização e respeito à vida.

Silvéria Maria, iluminada parteira, coração abençoado, a mulher que encara de frente todos os entraves burocráticos e médicos. Esta sim, o símbolo da luta pela humanização do parto. Amada amiga, muito obrigada pelo seu acolhimento, pelo seu desprendimento, pela sua amorosidade.

Luiza, a mais nova guerreira do Planeta Terra. Filha de Humberto e Alessya, 3 quilos de pura formosura. Seja bem-vinda a esse mundo.

Obrigada ao Universo por esse presente.


Comentários

  1. Parabéns, vovó Vanja!
    Linda e forte sua netinha!
    Veio ao mundo da forma que queria, junto a essa equipe maravilhosa!
    Depois quero ouvir o relato da mamãe... quem sabe no grupo.
    Beijo e muito leitinho!

    ResponderExcluir
  2. Que delícia, Vanja!!!!
    Quanta fofura!!!!
    Muita saúde e paz para vcs todos!!!
    Bjos mil!

    ResponderExcluir
  3. Sylvana, obrigada querida. Oa pais irão fazer seus depoimentos no grupo de gestantes do HUB em breve. Com certeza poderão ir no Ishtar fazer o mesmo. Precisamos divulgar esses partos. bjs

    ResponderExcluir
  4. Karina, são 3 quilinhos de pura saúde e alegria. Estamos muito felizes com o desfecho da história. Agora é só alegria. Obrigada. bj grande

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Amamentação - Quando um peito fica maior do que o outro

Por Maísa



Algumas mulheres que amamentam experienciam ter um peito maior do que o outro. Não estou me referindo àquela diferença natural que ocorre ao longo do dia, quando um peito está sempre mais cheio do que o outro e vão se revezando nesta apresentação. Estou falando de uma diferença que, independente de qual peito esteja amamentando no momento, sempre há o que se apresenta maior do que o outro.

Apesar de eu ter 3 anos e meio de amamentação com meus dois filhos nunca havia me acontecido isso. Até que há um tempo atrás percebi que um peito estava bem maior do que o outro. Fiquei observando, passavam os dias e nada mudava, parecia até que a diferença acentuava e o esquerdo já estava constantemente o dobro do direito, perceptível até mesmo vestida. Eu estava amamentando normalmente com os dois peitos, como sempre havia feito, revezando-os nas mamadas. Mas não sei por qual razão o esquerdo estava produzindo muito mais leite, embora o direito, ainda que bem menor, também satisfazia min…

BEBÊ PÉLVICO, TRANSVERSO OU CEFÁLICO?

O bebê até aproximadamente a 37ª. semana tem maior facilidade em mudar da posição pélvica (sentado) ou transversa (deitado na rede) para posição cefálica (de cabeça para baixo). O espaço no útero e também maior quantidade de líquido permitem que tal situação ocorra. Até o final da gestação, o bebê pode mudar de posição, mesmo aquele que já estava há semanas cefálico pode resolver sentar, apesar de ser mais difícil.

Um parto com bebê na posição pélvica é um pouco mais difícil mas pode ocorrer.

Antes do início do trabalho de parto é possível fazer alguns convites para o bebê caminhar para a posição cefálica. Vamos a algumas dicas:

- CONVERSE com seu bebê e através do toque na sua barriga, mostre o caminho que ele pode fazer;

- NADE e dê cambalhotas dentro da água. Com calma, suave, para as mulheres com tal habilidade;

- ACUPUNTURA que utilize moxabustão. Há um ponto específico no pé para fazer o bebê virar, além de outros relacionados;

- HOMEOPATIA conta com medicamentos homeopáticos …

Amar é...