Doular é amar, é doar e acompanhar.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sania maio/2009


Maísa em Vitória e eu em Brasília. Essa foi uma doulagem especial. Já nos conhecíamos do tempo que Maísa teve seu primeiro filho num parto domiciliar; ela sabia muito bem o que ia passar. Algumas dúvidas e medos comuns às mães surgiram em sua cabeça e foi assim que começamos a conversar via email e msn. Deu certo porque abrimos nossos corações para vencer a distância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário