Doular é amar, é doar e acompanhar.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

DOR NA GRAVIDEZ É NORMAL?

Durante a gestação pode ser normal sentir dor ou desconforto por um curto período de tempo e com pouca intensidade.

As dores mais comuns que as mulheres grávidas sentem são:

 Cólicas - podem ocorre quando o embrião se prende à parede do útero. Também podem ser provocadas por gases abdominais. A alimentação rica em fibra e pobre em massas e farinhas pode auxiliar.

 Nos ligamentos - pode ocorrer a partir do 2º.trimestre da gravidez. Ocorre principalmente em extremidade de membros (perna/pé e braço/mão). A atividade física tende a diminuir o efeito do hormônio relaxina que aumenta durante a gestação para auxiliar na flexibilidade das articulações.

 Na coluna – má postura, ganho excessivo de peso, ficar deitada demais ou sentada demais também contribui para dores nas articulações, pescoço, escápulas e lombar. Atividade física regular costuma minimizar essas dores.

 Na lombar – a postura em forma de concha característica da gestante agravada pelo crescimento da barriga provoca um estiramento lento e progressivo dos músculos lombares. A atividade física constante durante toda a gestação diminui os efeitos deste estiramento muscular e de outros.

 Contrações – aperto irregular do útero a partir do 3º. trimestre. Se suaves não causam maiores problemas, se intensas deve-se fazer repouso e comunicar ao obstetra. No início e meio da gestação pode representar aborto e ao final da gestação é um dos sinais de trabalho de parto.

Ainda sobre contrações e cólicas. Às vezes, a implantação de um óvulo fertilizado no útero provoca uma ligeira hemorragia, que geralmente ocorre em torno do décimo dia após a fertilização, e que muitas vezes coincide com o momento em que a mulher percebe o atraso da menstruação. A duração do sangramento é de alguns dias e normalmente são muito leves, sem impacto sobre as mulheres. O aumento do volume de sangue pode significar aborto.

Embora seja normal sentir alguma dor ou desconforto na gravidez, dores intensas podem indicar sérios problemas, por isso sempre é aconselhável o acompanhamento de seu obstetra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário