Doular é amar, é doar e acompanhar.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

JOGO DE MÚSCULOS

Querid@s, que maravilha esta passagem no livro "Quando o corpo consente" da Thérése Bertherat. Leitura fundamental para doulas, gestantes e simpatizantes...


(Paule) "Dar à luz é apenas acompanhar o nascimento de seu bebê. É adaptar o corpo ao ritmo do nascimento, a fim de viver um momento único que prepara para a vida, a nossa vida. E se pensarmos que talvez seja o feto quem detona o sinal e ordena o nascimento? O ritmo do parto é dado por um músculo: o útero. Esse músculo cavo, no qual se encontra o bebê, se contrai e descontrai. A alternância não é comandada pela vontade da mãe: mesmo que ela quisesse, não o conseguiria. A musculatura lisa não recebe ordens, ao contrário da estriada, como os músculos abdominais ou os do períneo. O útero se contrai pela ação de duas substâncias hormonais: a ocitocina, secretada no fim da gravidez pela hipófise da mãe e do feto, e a prostaglandina produzida pelo próprio útero."

Nenhum comentário:

Postar um comentário